ÁRVORE DA FREQÜÊNCIA

OBJETIVO:
Incentivar a freqüência das crianças à Escola Dominical,

MATERIAL:
Cartolina Dupla-face marron – para o desenho do tronco de uma árvore, com muitos galhos, longos e finos;
Cartolina Dupla-face verde – cortar folhas tantas quantas se fizerem necessárias para o trimestre
Cartolina Dupla-face parda (laranja, ocre ou beje): cortar folhas tantas quantas se fizerem necessárias para o trimestre;

MÉTODO:
A cada domingo o professor colocará na árvore:
uma folha verde (com o nome da criança e o n° da lição correspondente) para os alunos que estiverem presentes na Escola Dominical;
uma folha laranja (com o nome da criança e o n° da lição correspondente) para os alunos que faltaram à Escola Dominical;
À medida em que transcorre o trimestre, a “árvore da frequência” servirá de “termômetro” para se avaliar como está o andamento daquela sala: se a árvore estiver mais “verdinha” é que está indo bem, e se tiver com muitas folhas pardas, é como se a sala estivesse “morrendo”... Deve-se incentivar os alunos a manter aquela árvore viva....!
Ao final do trimestre, serão retiradas todas as folhas da árvore, e serão feitas “árvores” individuais para cada aluno; Já que todas as folhas tem nome, e n°, será fácil identificá-las. Assim, cada aluno receberá uma folha com um tronco desenhado (pintado ou colado), e nele colará suas folhas (cada aluno deverá receber 13 folhas, de acordo com sua freqüência), e assim poderá analisar, como foi sua participação durante o trimestre.
O interessante é que o aluno que teve muitas faltas, vai tentar, no próximo trimestre, ter uma árvore mais verdinha...

DICAS:
Para saber o tamanho ideal para as folhas, faça um “c” com sua mão, utilizando os dedos polegar e indicador. Não precisa ser um “C” ‘gordinho’ demais...
Coloque sempre o primeiro nome de cada criança (escrita com canetinha hidrocor), e coloque só o n° da lição, dentro de um círculo abaixo ou acima do nome;
Quando for colar na árvore, utilize uma gotinha de cola ou um ‘rolinho’ feito de durex, para facilitar na hora de retirar ao fim do trimestre;
De preferência, delimite o local da árvore, colando o tronco numa folha grande de papel cenário (tem folhas de 1 metro de comprimento);
Cole as folhas aleatoriamente na árvore, para não parecer “artificial”... Você vai ver como vai ficar linda aquela árvore frondosa!! Ah! Não se importe de ficar algumas folhas tapando outras... é normal. O importante não é ver, por enquanto o nome dos alunos, e, sim, se a árvore está “indo bem ou não”;

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogral de Missões Infantil

PROGRAMAÇÃO PARA DIA INTERNACIONAL DA MULHER

História de Zaqueu