quarta-feira, 7 de maio de 2008

MÃEZINHA

Minha mãezinha é a pessoa
que a mim, na terra, mais ama.
A noite, risonha e boa,
vem ver-me na minha cama,

cobre-me be, faz-me festa.
Se rio, indaga: - "Que foi?"
Por fim, me beija na testa,
dizento: - "Deus te abençoe."

Durmo. E, enquanto estou dormindo,
de sonhos tudo se estrela.
Mas o meu sonho mais lindo
é quando sonho com ela.

Um comentário:

Radialista Vanderlúcio Ribeiro disse...

Nossa me lembro desse poema sendo apresentado na escola no interior de MG,no dia das mães,qdo tava no primeiro,o aluno q interpretou inclusive faleceu em plena juventude,lendo agora me lembrei dele e de qdo era criança.abraço a todos