quarta-feira, 28 de abril de 2010

Festa da Caixa

Convites: Coloque os convites numa caixa bem enfeitada. Deixe uma abertura no meio da caixa que permita às crianças enfiarem as mãos dentro dela. Escreva esta frase em cima: “Pegue um! Somente para os Amigos de Missões”. Coloque a caixa num local onde todas as crianças tenham acesso para despertar seu interesse.
Meditação: Mostre três caixas às crianças. Uma caixa deve ser pequena e bem feia, mas dentro deve ter uma nota de R$l0,00. A maior caixa deve ser bem bonita, e dentro dela ter uma pedra. A terceira caixa deve ser de tamanho média, e vazia. Chame três crianças para abrir as caixas. Pergunte qual caixa era mais valiosa e o que deu este valor à caixa. Pergunte qual tipo de presente às crianças preferem ganhar, uma caixa bem bonita, ou um presente bem legal. Mostre caixas espalhadas pela sala e diga que vamos brincar muito com as caixas durante a festa, mas a caixa não é tão importante quanto o conteúdo dela. E a mesma coisa com as pessoas. Não é a aparência que é importante, mas o que está dentro dela.
Uma vez, Samuel tinha a tarefa de escolher o rei de Israel. Ele procurou o rei entre os homens altos e bonitos, mas não o achou. Deus falou com Samuel dizendo: "Não se impressione com a aparência nem com a altura deste homem.... Não julgo como as pessoas julgam. Elas olham para a aparência, mas eu vejo o coração." (l Samuel 16.7) Aí que Samuel encontrou a pessoa que Deus tinha escolhido para ser o rei. Era Davi, o caçula e menor da família. Samuel não reconheceu que Davi seria um grande homem um dia, mas Deus sabia. Em outras palavras, nossos corpos são como as caixas. Eles escondem o que está dentro de nós. O que sentimos, pensamos o que queremos como tratamos os outros e nosso relacionamento com Deus é mais importante do que a aparência.
Para Deus o tamanho não importa. Todos são amados por ele. Por este motivo ninguém deve olhar para uma criança pequena e dizer que ela não tem valor. Do mesmo modo, a criança pequena não deve pensar que ela merece tratamento especial porque ela é pequena. Para Deus todos são importantes!
Cânticos: Cante músicas de amizade e integração 

Deus é bom pra mim(2x)
Contente estou feliz eu vou 
Deus é bom pra mim.

É bom, é muito bom, é muito bom
Ter Jesus no coração. (2x)
Andar com Ele juntinho dEle
É muito bom ter Jesus no coração
Andar com Ele juntinho dEle

É muito bom ter Jesus no coração

Oração: Forme um círculo com os Amigos de Missões, Embaixadores e Mensageiras intercalados. Um representante de cada grupo deve orar.
Brincadeiras: Para promover entrosamento entre os Amigos de Missões, as Mensageiras do Rei e os Embaixadores do Rei, os membros das organizações devem estar representados em cada grupo. Todas as brincadeiras são feitas em grupos, mas será importante mudar os grupos depois de cada jogo para promover mais integração. Não dê prêmios aos ganhadores dos jogos, enfatizando que o verdadeiro prêmio é a alegria em fazer amizades.
Construção: Divida as crianças em grupos de 6 a 8 e dê material como cola, papel colorido, etc. Dê um limite de tempo para cada grupo transformar sua caixa (deve ser uma caixa bem grande) no que quiser. Cada grupo deve ter um adulto presente para ajudar a cortar as portas ou janelas da caixa. Quando o tempo acabar, cada grupo apresenta sua obra-prima.



Lanche: Prepare um bolo surpresa. Coloque bolo, salgados e refresco para quatro pessoas numa caixa e escreva um número na frente da caixa. Prepare caixas suficientes para servir todo o grupo, cada caixa com um número diferente. Prepare papéis em que estejam escritos os números correspondentes aos números da caixa. (Por exemplo, se há uma caixa número 5, deve preparar quatro cópias do número 5, porque há um lanche para quatro crianças naquela caixa). Cada criança pega um número, se junta com as crianças que têm o mesmo número, e as crianças deste grupo vão lanchar junto.

Nenhum comentário: